segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Shelter: Uma curta muito linda e triste de uma garota em um abrigo futurista.

| |

Olá pessoal, tudo bem com vocês? 
Espero que sim!

Eu estava preparando um post, mas acabei deixando de lado sem terminar, afinal ele era muito grande. Logo eu posto ele aqui, mas agora falando do post de agora, que é sobre uma música que tem um clipe muito bonitinho. E triste. 

Sinopse: Shelter conta a história de Rin, uma menina de 17 anos que vive sua vida dentro de uma simulação futurista completamente sozinha na infinita bela solidão. A cada dia, Rin desperta em realidade virtual e usa um tablet que controla a simulação para criar um novo, belo mundo diferente para si mesma. Até que um dia, tudo muda, e Rin trata de aprender as verdadeiras origens atrás de sua vida dentro de uma simulação.

Para quem gosta de anime, essa animação daria uma ótima, mas já que nela foi mostrado tudo o que continha na história, acho que não será possível. Mesmo assim, vale a pena ver, afinal são só 6 minutinhos né? Keep Reading!


Shelter é o nome da música feita por Porter Robinson & Madeon, que são dois DJs. 
O clipe foi feito em parceria com a A-1 Pictures & Crunchyroll e o curta foi todo animado pela Megumi Kouno, que acreditem, se você já assistiu Sakurasou ou Kimi no Uso, ela quem fez as melhores cenas desses animes, que são realmente muito lindos.

Veja o vídeo: 

Eu achei muito lindo e triste, eu realmente iria preferir morrer do que ser mandada pro espaço e viver sozinha, mas ok né...
Agora traduzindo algumas coisas para dar uma ajudinha no entendimento do clipe e sabe aquela parte após ela ver a cena toda, ela para e vê algo no tablet dela? É uma mensagem do pai dela, olha só: 

Para: Rin
De: Pai
Tinha tão pouco tempo sobrando depois de você nascer
Eu não sei quanto amor eu consegui te dar após sua mãe falecer
Mas o seu sorriso me deu forças para continuar (^_^)
Eu gostaria de ter ido com você, mas não pude.
Eu queria que você esquecesse de tudo e continuasse seguindo em frente....eu sabia que você ficaria bem.
Mas se você se sentir sozinha, lembre-se.
Eu sei que você crescerá forte, e lerá essa carta um dia.
Eu realmente queria que nós pudéssemos ter passado mais tempo juntos. Me desculpe.
Você era tão jovem naquela época, muito jovem para entender o que eles queriam. Então deixe-me repetir...
Minhas últimas palavras para você.

E as traduções das falas...
No começo do clipe.
What will become of me from now?
O que será de mim a partir de agora?
After some time, I stopped thinking about that.
Depois de algum tempo, eu parei de pensar sobre isso
Maybe I forgot...
Talvez eu esqueci...
How to think at all
Como pensar em tudo
Nothing changes anymore.
Nada mais muda.
This world that belongs only to me,
Este mundo que pertence somente a mim,
Each and every day, continues on.
A cada dia, continua.
But I'm not lonely.
Mas eu não estou sozinha.
It doesn't bother me at all.
Isso não me incomoda em nada.

No final.
Even if those memories make me sad,
Mesmo que essas memórias me deixem triste,
I've got to go foward, beliving in the future.
Eu tenho que seguir em frente, acreditando no futuro.
Even when I realize my loneliness,
Mesmo quando percebo a minha solidão,
and am about to lose all hope,
e estou prestes a perder toda a esperança,
those memories make me stronger.
essas memórias me fazem mais forte.
I'm not alone...
Eu não estou sozinha...
because of you
por sua causa.
Thank you.
Obrigado.

O título da música, Shelter, significa abrigo traduzido do inglês. 
E neste vídeo você pode ouvir somente a música caso tenha gostado: 

Você pode ler a tradução da música clicando aqui. Eu gostei bastante da letra, da música também e acabei ouvindo várias outras músicas do Porter Robinson, a minha favorita, por enquanto é a Years of War ft. Breanne Duren, Sean Caskey

Há várias outras músicas que gostei bastante, na verdade gostei desse album "World" inteiro e já baixei tudo xD Então gostando ou não desse tipo de música, vale a pena dar uma olhada em mais.

 O que eu entendi de Shelter.

Eu achei bem simples, o nosso planeta iria ser destruído batendo em outro planeta e o pai da Rin não queria que ela morresse, então construiu aquela nave, que a deixa em uma simulação e a mandou para o espaço para ela sobreviver até que algo a resgaste ou ela morra de velhice na simulação.
Nesse mundo ela vive e constroi várias coisas para não lembrar, mas se cansa da solidão, acaba se lembrando e isso a faz seguir em frente. 


Espero que tenham gostado :) 
Até próximo post, beijinhos :3 

2 comentários:

  1. E AE MOÇA?
    Demorei pra voltar aqui, mas finalmente voltei *e não foi em um post de coisas legais, olha que milagre huehue*

    MEU DEUS QUE ANIMAÇÃO LINDA EU TO MORRENDO. QUE QUE FOI ISSO MEU DEEEEEEEEUS!!! Sério, isso foi incrível. É bem tenso mesmo essa coisa toda dela se sentir solitária e o pai dela ter mandado ela pro espaço sozinha, enquanto isso ela fica lá naquela simulação... TENSO PORÉM É MUITO LINDO. Obrigada por ter me mostrado isso, sério amei demais.

    godibaaai O/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi Alone :3
      HSAUHSAUH Logo encontro mais coisas legais para falar u.u

      SIIMMM, recomendo assistir os outros dois que falei no post que foi a mesma pessoa que desenhou, eles são igualmente muito bonitos, só que são bem maiores né xD
      Eu quando fui pensar sobre não sabia se achava tudo muito incrível ou se ficava com dó da menina ;u; Que bom que gostou xD

      Tchauu, beijinhos :3 Obg por comentar xD

      Excluir